SPFW - 1° DIA

15 de Março 2017 - Escrito por FIP - Feira da Moda

Começou nesta segunda (13) o SPFW N43, que está acontecendo no prédio da Bienal e em outras locações em São Paulo, vai contar com a apresentação das coleções de outono/inverno de 35 marcas brasileiras. E trouxemos um pouquinho de cada desfile que aconteceu no dia da abertura, vamos conferir?

 

Animale


A marca voltou seu olhar para a Itália para construir sua coleção, trazendo referencias de Florença, Veneza, Roma, Costa Amalfitana e Milão, uma das cidades mais explorada, com seus móveis e luminárias, mulheres femininas e sensuais, bom babados e rendas. A coleção traz peças com assimetria, recortes geométricos e despojadas, além de contar com estampas de cobras em acessórios e detalhes, maxijoias, transparências e bordados em tweed.


display


animale-spfw-n43-0005-654x984



Uma


A Uma, que tem seu público formado por homens e mulheres dos 20 aos 80 anos, que preferem roupas com estética minimalista, roupas descomplicadas, com designs, bom uso dos materiais e preocupação com o conforto. A coleção, trouxe um mix de silhuetas volumosas e leves, abraça o corpo ou o deixa respirar, dois momentos preciosos e necessários para o momento atual.


Uma


Uma



João Pimenta


Ele traz em sua coleção itens básicos de streetwear, emprestando sua excelência para peças como moletons, casacos de chuva e camisetas. A pesquisa de João vem bastante focada em materiais que seriam apenas casuais e esportivos mas com uma curadoria de luxo que os torna ainda mais tecnológicos. E apesar da alta performance da pesquisa são materiais que entram fácil no gosto masculino que procura função, beleza minimalista, um gosto perene. O styling, como era de se esperar, surpreende pelo origami de peças que a mente matemática do estilista arquiteta , juntando peças de design diferentes que se completam em sobreposições surpreendentes.


Joao Pimenta


Joao Pimenta



Lily Sarti


A coleção traz referências da década de 80, com ombros presentes, brilhos e cores cintilantes. As transparências e tecidos mais soltos nos levam pra uma vibe mais disco anos 70. O tempo da moda de Lilly Sarti conta um pouco do tempo em que vivem os gostos da moda contemporânea, buscando passado e futuro, leveza e peso, formalidade e relax , entrando e saindo de referências com foco na imagem final, a superfície que desenha e constrói as formas dos corpos.


Lilly Sarti


Lilly Sarti



Osklen


Há quatro anos Oskar está envolvido nas filmagens de Soundtrack, em que Selton Mello interpreta um artista que parte para uma temporada em uma estação científica na Antártida. Nos anos 80, Oskar também se preparou para uma expedição científica, só que nos Andes. Foi quando ele desenvolveu sua primeira peça, um casaco utilitário de neve. Nesta coleção essas histórias se unem e filme e desfile foram construídos paralelamente. Com uma cartela de cores formada por tons bem claros (off white, rosinha, azul claro, cinza) iluminados em alguns momentos por amarelo, laranja e azul royal.


Osklen


Osklen


Fonte: FFW

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a saber

Saiba das últimas postagens no GarimpoFIP

Instagram